Obrigado por te preocupares!

Agora você receberá atualizações de Perspectivas sobre atividades de RSE e histórias de interesse humano.

Estás quase lá!

Você tem correio! Por favor, confirme seu registro com PERSPECTIVES clicando no link de confirmação dentro das próximas 24 horas.

Back to Perspectives

Conseguiste!

Está agora confirmado para a nossa newsletter PERSPECTIVES!

Back to Perspectives

Cancelar a subscrição

Você não quer mais receber nossas atualizações de história? Basta clicar no botão "Cancelar inscrição".

Relato de Bogotá, Colômbia: primeira etapa quase concluída

O primeiro grupo de jovens da Aldeias Infantis SOS da Colômbia está prestes a concluir o curso oferecido pela thyssenkrupp Elevator. Participantes e voluntários do projeto SEED explicam o que eles mais gostam sobre o programa e como ele os recompensa pessoalmente.

Incentivando empreendedores

18 jovens da capital Bogotá estão participando da primeira turma do projeto, que terá atividades até o fim do verão de 2018. Entre eles, está Adriana María Penán Castro, 19 anos, estudante de Licenciatura em pedagogia infantil. Seu maior sonho é ter sua própria escola.

“Desde que comecei a frequentar o curso, venho aprendendo novas ideias que estão me ajudando na minha vida diária. O curso foi muito interessante e agradável, porque cada conhecimento que adquiri me permitiu aprender de maneira diferente coisas que serão muito úteis para a minha vida. Uma das ideias que mais gostei e que abriu um novo horizonte para a minha vida profissional foi a ideia de criar a minha própria empresa seguindo as suas diretrizes e com todo o necessário para que ela não fracasse”, declarou Adriana.

Lições práticas

Joan Sebastián Pérez, também de 19 anos, está entusiasmado com os assuntos dos cursos. “Acredito que o curso tem uma metodologia na qual são ensinados temas importantes para complementar o meu projeto de vida. Aprendi questões administrativas como: atendimento ao cliente, apresentação para recrutamentos, classes de empresas e como criar um empreendimento, entre outras. E também questões operacionais, como: diferenças de energia, equipamentos de proteção individual (EPI) e equipamentos de proteção coletiva (EPC), entre outras”.

As recompensas do trabalho voluntário

Por outro lado, Karen Pachón, uma dos 12 voluntários da thyssenkrupp Elevadores Colombia, sente-se agradecida por participar do projeto. “A experiência como voluntária foi enriquecedora tanto no âmbito pessoal quanto profissional, permitindo trabalhar cada tópico a partir dos interesses do outro, compreendendo suas necessidades e proporcionando, por meio de exercícios lúdicos e pedagógicos, uma experiência próxima ao mundo do trabalho”, destacou a coordenadora de Recursos Humanos.

Primeiros passos em uma jornada rumo ao sucesso

Mateo Correa, “Atualmente, ainda precisamos realizar quatro cursos de formação e, com isso, finalizar o primeiro curso. É o primeiro grupo de jovens que completa a oficina. Depois disso, será aberto um segundo curso com os mesmos tópicos de treinamento.”

“Este segundo grupo de jovens também pertence à iniciativa Aldeias Infantis, mas está localizado em outra área da cidade de Bogotá. Com o segundo curso, esperamos beneficiar pelo menos outros 15 jovens, que receberão o curso completo”, afirmou Mateo Correa, organizador e voluntário do Seed Campus Colômbia.

More about Colômbia

Como parte do projeto de trabalho social da thyssenkrupp Elevator Colombia, estamos oferecendo especialização e acesso a nossas redes sociais profissionais.

To the project

This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Review our ‘Legal Notes‘ for more details.

I accept