Pessoas que se importam – funcionários da thyssenkrupp Elevator ajudam jovens a crescer

Muitas empresas doam dinheiro para várias instituições de caridade. Isso é chamado de Responsabilidade Social Corporativa (CSR, em inglês Corporate Social Responsibility). A thyssenkrupp Elevator também faz isso, mas a empresa vai além do CSR ao implementar a Responsabilidade Social Humana (HSR, Human Social Responsibility). Em vez de fornecer apenas o dinheiro, os funcionários da empresa estão ajudando jovens carentes a conseguir um emprego com o Projeto SEED.

A equipe de comunicação da empresa é a responsável por promover essa nova abordagem de urbanização sustentável. E não é com elevadores sem cabos ou entregas por drones – desta vez, o foco está na orientação individual para desenvolver as ferramentas para a mobilidade social. A nova revista eletrônicaPerspectives traz as histórias das pessoas por trás do Projeto SEED e outras atividades de responsabilidade social  da thyssenkrupp Elevator.

A face humana da mobilidade

Conheça Luis Ramos. Ele é o Head of Communications (Chefe de Comunicações) da thyssenkrupp Elevator. Ele também é responsável pela equipe encarregada da divulgação e crescimento do Projeto SEED, o novo modelo global da empresa para usar seus recursos com o objetivo de alcançar um maior equilíbrio social e mais oportunidades nas cidades.

Nascido em Lisboa, Portugal, Luis formou-se originalmente em engenharia. Mas ele ficou fascinado pelo poder da comunicação e, principalmente, pelas várias formas alternativas com as quais as empresas podem promover suas marcas e produtos. Ele disse que “em um mundo de semelhanças, a originalidade é uma maneira eficiente de se destacar”. Um projeto específico causou um impacto: “A empresa na qual trabalhava estava construindo uma linha ferroviária que passava por um bairro muito pobre. Houve algumas dificuldades com a comunidade local.”

A lição foi simples: “Os problemas desapareceram quando os construtores começaram a ajudar e a envolver a comunidade no projeto. Foi uma situação vantajosa para todo mundo e uma ótima maneira de se fazer negócios”.

Criando um novo modelo de “win-win”

Com o Projeto SEED, a equipe de comunicação está trabalhando para plantar a filosofia “win-win” (benefícios para todos) no solo da filantropia corporativa. Por sorte, o terreno da thyssenkrupp Elevator já estava bem preparado. Ramos observou: “Para nossos funcionários, o trabalho voluntário é tão normal quanto a construção e manutenção dos elevadores. Somos uma empresa muito grande com unidades em todo o mundo. E a maioria dessas unidades já está contribuindo com a comunidade local”.

Então, por que o Projeto SEED? Ramos percebeu o seguinte: “A empresa queria criar um modelo simples e inspirador a ser seguido para nossa responsabilidade social, algo que pudesse ser usado em qualquer lugar do mundo. O foco na educação e treinamento também é algo de fácil entendimento, pois isso já é uma prioridade em nossos negócios. Pode-se dizer que somos uma ‘empresa de aprendizagem’, e isso faz parte do que podemos compartilhar com outras pessoas”.

Transpondo as barreiras entre a juventude carente e o trabalho

Compartilhar, nesse caso, significa ter contato com os jovens carentes e ajudá-los a encontrar seus caminhos no mundo do trabalho. Ramos comenta: “Há tantos jovens desempregados no mundo! E isso ocorre porque muitos deles não conhecem coisas básicas sobre como conseguir um emprego, preparar um CV, comportar-se em uma entrevista ou até mesmo como planejar o orçamento com base na renda”.

Coisas muito simples, mas que ainda precisam ser aprendidas e ensinadas. “Alguns jovens não aprendem isso em casa. Talvez os pais não tenham um trabalho, ou talvez eles nem tenham pais.” E não há ninguém mais indicado para ajudá-los do que pessoas experientes no mercado de trabalho.

Essa é a verdadeira essência do Projeto SEED. “A ligação humana pode ajudar esses jovens a entrar na fase adulta. Então o nosso pessoal, com empregos de verdade, está dedicando o seu tempo para ir até essa garotada, percebê-la, notar que esses jovens existem e têm valor e difundir a mensagem de que eles realmente têm condições de ter um emprego e se tornar membros valiosos da sociedade.”

Via de mão dupla

A genialidade no núcleo do Projeto SEED é o envolvimento dos funcionários. Ramos acredita: “Nossa maior vantagem são os funcionários voluntários. Queremos dar a eles a oportunidade e o incentivo para se tornarem ativistas da comunidade. Eles têm muitas habilidades que podem ser compartilhadas com essas crianças, e nossa experiência mostra que eles também se beneficiam com isso. Há uma enorme satisfação resultante dessa troca com outras pessoas e essa satisfação também gera uma nova motivação e sentimento de proteção para a empresa.”

A resposta dos funcionários tem sido positiva. O fato de os funcionários da thyssenkrupp Elevator terem um histórico de envolvimento local ajuda, e ter uma parceria com uma instituição de caridade global respeitada como a SOS Children’s Villages é uma vantagem. “A SOS foi originalmente fundada para ajudar os órfãos de guerra e crianças refugiadas, e todo mundo conhece eles. Os eventos iniciais que tivemos na Colômbia, no Brasil e na Índia realmente inspiraram nossos funcionários e estão trazendo mais voluntários para o projeto. É muito emocionante fazer parte de algo que é tão ambicioso e, ao mesmo tempo, tão próximo!”

Corrente do bem – tudo que vai volta

O Projeto SEED é um compromisso de longo prazo para a thyssenkrupp Elevator. Atualmente em período experimental na Colômbia, Brasil e Índia, o projeto foi concebido para crescer e se expandir para outros países no futuro.

Como Ramos diz: “Muitas empresas estão chegando à conclusão de que eles podem criar um loop de feedback positivo – um círculo virtuoso –, de boas ações e bondade que beneficia a todos, incluindo a empresa. Como eu disse, podemos ter uma situação vantajosa para todos! E essa é uma boa parte de como as cidades se tornarão lugares melhores para se viver.”

Muitas empresas doam dinheiro para várias instituições de caridade como parte de sua Responsabilidade Social Corporativa (CSR). A ideia básica da CSR é que as empresas tenham uma responsabilidade de contribuir com a sociedade, além de criar empregos locais e pagar os impostos.

A thyssenkrupp Elevator faz tudo isso, mas a empresa está indo além da CSR e implementando o que muitos chamam de Responsabilidade Social Humana (HSR). A HSR reforça o poder dos funcionários para agir ativamente e tornar o mundo um lugar melhor, permitindo que eles doem seu tempo e seus conhecimentos fora do ambiente de trabalho.

A Responsabilidade Social Humana descentraliza as atividades filantrópicas da empresa e cria espaço para a paixão individual dos funcionários locais, que floresce dentro de um escopo de assistência estruturada. A HSR reforça a economia circular do ato de doação, trazendo vantagens para as comunidades locais, funcionários e para a própria empresa.

Projeto SEED é o nome dados pela thyssenkrupp Elevator para sua cooperação global com a iniciativa YouthCan! da SOS Children’s Villages. O projeto se baseia em quatro pilares:

  1. O envolvimento corporativo global da thyssenkrupp Elevator
  2. A rede mundial da parceira SOS Children’s Villages
  3. O grande número de jovens carentes e desempregados
  4. As habilidades e o envolvimento ativo dos funcionários da thyssenkrupp

Os principais beneficiários do programa do Projeto SEED são jovens carentes entre 16 e 20 anos. A SOS Children’s Villages conecta esses jovens com os funcionários da thyssenkrupp Elevator, que se encontram frequentemente para ensiná-los, orientá-los, aconselhá-los e ajudá-los a superar os desafios para que eles se tornem adultos responsáveis e membros ativos da sociedade.

O nome do Projeto SEED foi inspirado pela rede global da empresa de centros de treinamento internos, os campi SEED. A iniciativa conta com o patrocínio oficial do CEO Andreas Schierenbeck, destacando a importância do Projeto SEED dentro da empresa.

A revista eletrônica Perspectives é o novo portal de comunicação do Projeto SEED e de outras atividades de CSR/HSR nas quais a thyssenkrupp Elevator está envolvida. O foco do Projeto SEED é o compartilhamento e a assistência individual. Logo, a Perspectives concentra-se principalmente nas histórias e rostos que fazem parte do projeto, além de apresentar relatórios sobre o processo de implementação em andamento.

Isso significa que há histórias originárias de todo o mundo, relatos de pessoas aprendendo as habilidades para obter sucesso no mundo moderno e contribuições inspiradoras de pessoas comuns – os funcionários da thyssenkrupp Elevator – fazendo a diferença nas vidas de outras pessoas. Perspectives: colocando as coisas em perspectiva, assumindo uma perspectiva diferente e, o mais importante, mudando as perspectivas para criar uma nova esperança para o futuro.

Image Credits:

Image credits go to Ian Lopes

Indian boy; Image credits go to Patrick Wittmann

Indian girl (slider); Image credits go to Dominic Sansoni

African girl (slider); Image credits go to Joris Lugtigheid

Bulgarian boys (slider); Image credits go to Katerina Ilievska

More about

To the project

This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Review our ‘Legal Notes‘ for more details.

I accept